Espiritualidade e Satisfação

Last modified Outubro 14, 2018

Esta é uma gravação antiga, de 1974, de uma conversa de Sri Chinmoy entitulada’Espiritualidade e Satisfação‘.

A conversa foi realizada na Universidade de Toronto como parte de uma séria de palestras de duas semanas.Embora a qualidade do som não seja tão boa quanto nos gostaríamos, nós esperamos que você desfrute da conversa.

Em 1974, Sri Chinmoy embarcou na turnê de conferências Canadense de duas semanas em meados de Março em quinze universidades de quatro províncias do Leste. O livro “My Maple Tree” contem essas palestras espontâneas que foi publicado naquele ano em Nova York. Durante a visita em Ontário, Sri Chinmoy também visitou um restaurante vegetariano recentemente aberto Annapurna dirigido por seus estudantes, que agora é o restaurante vegetariano mais antigo em Ontário.

Espiritualidade e Satisfação/

“Se você quer que eu defina espiritualidade, Eu posso defini-la usando apenas uma palavra: satisfação. Espiritualidade é nada mais e nada menos que satisfação. Agora, o que é satisfação? Satisfação é a manifestação da unicidade. Manifestação é a canção da permanência e unicidade é a coroa da evolução. E o que é evolução? Evolução é nosso choro ascendente do coração para o Altíssimo, para o Absoluto. Esse choro precisa apenas de uma coisa: do Sorriso descendente de Deus. Quando nosso choro ascendente do coração e o Sorriso descendente de Deus se encontram, nós voamos para o céu da infinita Liberdade.
Alguns entram para a vida espiritual porque o mundo os tem decepcionado, outros somente pela curiosidade porque eles sentem que eu posso oferecer algo que eles podem alcançar. Ainda outros sentem que não importa o quanto eles eles deem ao mundo em geral e não importa o quanto eles recebam do mundo, eles nunca serão capazes de ver a face da satisfação.Eles sentem que somente levando uma vida espiritual a satisfação interior deles será enorme. Eles sentem que a satisfação reside na auto-doação, doação de si mesma à raiz da Árvore da Vida: Deus.

Para aqueles que entram na vida espiritual porque o mundo os decepcionaram ou porque eles desapontaram o mundo, podem ser tentados a voltar para a vida comum. Mas aqueles que aceitaram a vida espiritual pela satisfação real e permanente irá eventualmente ter sucesso.

A vida espiritual é a vida da aceitação interior. Aceitação interior significa permitir a si própia que seja moldado pela vontade de Deus.Quando nós oramos ou meditamos, nós tentamos nos tornar conscientemente um com a Vontade de Deus.Nós sabemos que é somente a vontade de Deus que pode enfim nos satisfazer e ao nossos próximos e queridos. Não importa quanto sinceramente e genuinamente os outros querem nos agradar, eles falharão tristemente.Mas se nós invocamos a Vontade de Deus para agradar em nosso próprio modo Divino, então, e somente então, o mundo estará satisfeito.

Um homem espiritual é aquele que primeiro faz coisas primeiro. Para um ser humano comum que não ora e medita cedo pela manhã, a primeira coisa em sua vida é o seu café da manhã.Ele sente que se ele come ele estará energizado, assim ele será capaz de realizar suas atividades diárias.Mas uma pessoa espiritual sente que há alguém dentro do seu coração que tem que ser alimentado primeiro: a pequena criança, a criança divina. Esta pequena criança é a alma, que é o direto representante de Deus. Uma pessoa espiritual sente que ele deve alimentar sua existência interior primeiro, e então somente ele será preenchido na sua vida exterior. Ele sente que ele tem que vir para fora de dentro, e não o contrário. Cedo pela manhã, portanto, ele ora e medita. Quando ele ora com toda alma, seu clamor interior imediatamente bate na Porta de Deus e Deus ouve seu choro. Sua oração é seu discurso. Ele começa conversando com Deus e Deus o ouve. Então, poucos minutos depois, ele medita. Quando ele medita, ele torna o ouvinte e Deus torna aquele que conversa. Numa conversa, um fala e o outro escuta e então vice e versa. Similarmente, quando o buscador ora, ele conversa e Deus escuta; e quando o buscador medita, Deus conversa e o buscador ouve, silenciando sua Mente e abrindo seu Coração.” (My Maple Tree)

Universidade de Toronto
Auditório de Ciências Médicas
Toronto, Ontário
24 de Março de 1974
Sri Chinmoy, My Maple Tree, Agni Press, 1974

Calendário Canadense de Sri Chinmoy:
16 de Março – Dalhousie University in Halifax, Nova Scotia
17 de Março – University of New Brunswick in Fredericton, New Brunswick
19 de Março – Laval University in Quebec City
20 de Março – Sir George Williams University in Montreal
21 de Março – Université de Sherbrooke in Sherbrooke, Quebec
21 de Março – Université de Montreal in Montreal, Quebec
22 de Março – Queens University in Kingston, Ontario (noon)
22 de Março – University of Ottawa in Ottawa (8 p.m.)
23 de Março – Trent University in Peterborough, Ont.
24 de Março – University of Toronto in Toronto (noon)
24 de Março  – McMaster University in Hamilton, Ont. (7:30 p.m.)
25 de Março – University of Guelph in Guelph, Ont.
26 de Março – Wilfred Laurier University in Waterloo, Ont.
27 de Março – University of Windsor in Windsor. Ont.
28 de Março – University of Western Ontario in London, Ont.
29 de Março – York University in Toronto

Artista: Sri Chinmoy
Nome: Espiritualidade e Satisfação
Ano de Lançamento: 1974
Duração: 0:28:20
Agradecimentos: Sri Chinmoy
Faixas Carregadas por : Ashish Zubaty | Tejvan Pettinger
Gravado por: Utpal Marshal
Supervisores Técnicos: Amiya, Ashirvad
Formato:Codificação de Áudio Avançada
Foto por SF Archive Centro (Outubro de 1974, Santa Barbara)

More about Uncategorized

We have 52 other pages containing uploaded tracks by Uncategorized. View all pages »

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Once you are done adding and removing songs, you can then rearrange, save and share them.